Dilmar deve perder o cargo de líder do governo na AL

Ao que tudo indica, o deputado Dilmar Dal Bosco (DEM) está correndo o risco de perder a liderança do governo na AL pela denúncia do MP na operação Rota Final de que ele esteja envolvido em crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e fraude a licitação do setor de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros de Mato Grosso (STCRIP-MT).

Segundo o deputado tucano Wilson Santos, o governo pode trocar o cargo de líder do governo e quem pode assumir deve ser Eduardo Botelho(DEM) que é primeiro- secretário da casa de leis.

Mauro Mendes(DEM) já havia anunciado que iria analisar o caso após saber que o deputado fora denunciado pelo MP em ação proveniente da Operação Rota Final, que apura crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e fraude a licitação do setor de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros de Mato Grosso (STCRIP-MT) e balanço no cargo.

Wilson para não parecer que estava se adiantando disse que torce para que ele fique, mas acredita que ele pode sim entregar a liderança, antes que o governo o restitua do cargo pela situação da investigação.

De acordo com Wilson, o candidato ideal que para assumir a liderança é o deputado Eduardo Botelho, ex-presidente da Casa de Leis. “Torço para que o deputado Dilmar continue à frente da liderança. Ele foi exitoso. Todos projetos do governo foram aprovados. Ele tem um estilo próprio, trabalha mais nos bastidores. Porém, se ele realmente entregar a liderança, acho que o melhor nome para assumir, que é unanimidade, é Botelho”, explicou Wilson.

O tucano deixou claro que isto não foi algo conversado ainda, mas que é uma sugestão dada por ele. Questionado sobre porque não ele como o líder do governo na Casa de Leis, explicou: “Acho que o governador tem que ter o melhor, e neste momento é o Botelho. Tem consenso, é praticamente unanimidade. Navega bem com todos os lados”.
 

 

foto al