Wellington acredita que, juntas, as três ferrovias podem melhorar infraestrutura viária de MT

A implantação da ferrovia estadual ligando Rondonópolis a Lucas do Rio Verde, passando por Cuiabá, e se conectando à malha ferroviária nacional em direção ao Porto de Santos(SP), a Ferrovia de Interligação do Centro-Oeste ( FiCO), como também  a Ferrogrão, anunciada e idealizada pelo governo Federal, são defendidas pelo senador Wellington Fagundes (PL). "São todas bem-vindas e irão melhorar a nossa infraestrutura viária, colaborando com o desenvolvimento socioeconômico de Mato Grosso, do Centro-Oeste e consequente do País," disse o senador ao discorrer sobre a polêmica que se criou sobre qual a melhor malha ferroviária ao Estado.

Para o senador, embora os prefeitos mato-grossenses e o próprio governador Mauro Mendes entendam que a ferrovia estadual, anunciada na última segunda-feira (19) pelo governo estadual, seja uma  solução para a expansão da infraestrutura viária do Estado, a conclusão das outras duas é importante para atender à expansão da produção de grãos de Mato Grosso nos próximos anos. "É certo também que as demais linhas ferroviárias, já de conhecimento da população, sejam empreendidas em Mato Grosso. É bom para todos", assinala.

A discussão sobre o assunto está mexendo com toda a sociedade mato-grossonse desde que o ministro da Infraestrutura do governo Jair Bolsonaro, Tarcísio de Freitas, esteve em solo mato-grossense e anunciou a intenção do governo Federal na construção dessa malha ferroviária para atender as regiões produtoras de grãos de Mato Grosso.

 

 

FOTO: DIVULGAÇÃO