Isso é um marco no desenvolvimento econômico de Mato Grosso, disse Emauelzinho

Durante o manifesto em apoio à Lei Estadual 685/2021 - que regulamenta o Sistema Ferroviário no estado de Mato Grosso e também fortalece a luta pela implantação da infraestrutura ferroviária em Cuiabá, o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, não poupou elogios ao senador Vicente Vuolo (in memorian) pela incansável luta que resultou após mais de 50 anos na vinda da ferrovia para Cuiabá e demais regiões do Estado. " Isso é um marco no desenvolvimento econômico de Mato Grosso. Eu gosto de salientar sobre a importância do trabalho dá continuidade, buscar as sementes que foram plantadas e regadas. E aqui, temos uns frutos que foram plantados lá atrás. Temos aqui, o Francisco Vuolo que começou esse trabalho com o seu pai, entregando 50 anos à frente dessa ferrovia. Enxergando o potencial de Mato Grosso que tem teria que ter um modal de transporte como este. As sementes plantadas não é sonho de uma pessoa só, é um esforço de pessoas que muitas vezes já foram ridicularizadas e pelo esforço e pela perseverança. Estaremos em uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Tarcísio para garantir esse projeto e que em 7 anos, Cuiabá tenha esse sonho concluído", elogiou.  

Ficou definido que o presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico e Social do Vale do Rio Cuiabá, o prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro e o secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico e também presidente do Fórum Pró-Ferrovia, Francisco Vuolo, vão liderar o manifesto e entregá-lo ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

"Quero deixar registrado à luta, a saga, o ideal de vida do nosso saudoso senador Vicente Vuolo e essa bandeira é erguida na luta pela ferrovia pelo seu filho, o nosso secretário de Agricultura, Francisco Vuolo. Desde a década 60 a 70 de forma visionária, futurista o senador, que foi prefeito, deputado estadual e federal, já via que o futuro de Mato Grosso estava fadado ao desenvolvimento e a ser um estado líder do nosso país e com reflexo para todo mundo e que precisaria virar a página da história, da revolução através da logística do meio de transporte que pudesse fazer frente a competitividade no cenário nacional e internacional. E hoje, depois de décadas e décadas de luta, a ferrovia que é um legado do senador Vuolo vai sair do papel. Estamos um passo adiante com a Lei 685/2021 - que consolida e impõe respeito a Cuiabá. Essa luta pró-ferrovia nunca parou, essa luta, sempre teve à frente a essa discussão o Francisco, para que a ferrovia venha para nosso estado e para a mais importante cidade, a capital, a maior região consumidora. O senador Vuolo, previu a explosão econômica e o boom desenvolvimentista de Mato Grosso no cenário mundial. Hoje vemos que o Estado é líder no agro, agropecuária e outras produções. O Estado tem influência extraordinária na balança comercial brasileira", destacou o prefeito.

A extensão dos trilhos será executada via Lei Complementar 685/2021, aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), que regulamenta o Subsistema Ferroviário de Mato Grosso, regulamentada por Decreto Estadual 881/2021.

 

De acordo com edital publicado pelo Executivo Estadual, a previsão é que a obra seja iniciada em até seis meses após a emissão da licença ambiental de instalação e que o Terminal de Cuiabá seja concluído até o 2º semestre de 2025.

 

foto secom cuiabá