Programa Saúde na Hora do governo federal já existe em Cuiabá como Hora Estendida

Mais uma vez, Cuiabá já estava na frente no que tange gestão de saúde. Apesar do Ministro da Saúde Marcelo Queiroga ter assinado um convênio para ampliação do programa Saúde na Hora, em Cuiabá o projeto  já existe desde 2019, com o nome de Hora Estendida. Com esta modalidade, a unidade de saúde contemplada, que como as outras funcionava das 7h às 17h, passa a ampliar o horário de atendimento, funcionando até 21h.

O projeto piloto da Hora Estendida em Cuiabá foi no Centro de Saúde do bairro Tijucal, na Regional Sul, implantado em 2019. Depois disso, já foram incluídas no programa as unidades do Ana Poupina, Ilza Picolli, Parque Ohara e Clínica da Família do CPA 1. Além dos atendimentos inerentes às unidades básicas de Saúde, a população que busca a Hora Estendida tem exames laboratoriais, emergências de baixa complexidade e atendimentos odontológicos.

“Antes da implantação da Hora Estendida, era impossível para um trabalhador buscar os atendimentos na rede Básica, uma vez que o funcionamento normal é das 7h às 17h, com intervalo para almoço. Com este projeto, a população passa a ter a oportunidade de ser atendida em um posto de saúde, tanto no horário do almoço, quanto após o horário do expediente”, comentou o prefeito Emanuel Pinheiro.

Além dos horários mais flexíveis, as unidades que atuam com o programa Hora Estendida ajudam a desafogar o atendimento em UPAs e Policlínicas, que existem prioritariamente para atender urgência e emergência. “Muitas vezes o trabalhador precisa de um atendimento menos complexo, que poderia ser feito em uma unidade Básica, mas que, devido ao horário de funcionamento dos postos de saúde, ele acaba tendo que ir para uma UPA ou Policlínica. Isto faz com que estas unidades recebam um número grande de pacientes, o que leva a um tempo maior de espera para o atendimento. Tendo postos de saúde abertos até mais tarde, o paciente pode se dirigir até a unidade mais próxima de sua casa”, explicou Pinheiro.

Atualmente Cuiabá conta com 5 unidades que atuam com Hora Estendida, mas o prefeito quer ampliar mais ainda esta rede. “Temos cinco unidades Básicas que atuam com este projeto, mas minha intenção é colocar duas UBS com o programa Hora Estendida por região, passando para dez no total", disse o prefeito. A visita do ministro e assinatura de convênio foi realizada no dia 9 de julho

 

foto luiz alves