Café: um excelente aliado dos brasileiros

O tradicional café é um excelente aliado. Além de saboroso, faz bem para o coração e apresenta outros benefícios para a saúde. A bebida é adorada em todos os países e tem data marcada no calendário. Nesta quarta-feira (14.04), é celebrado o Dia Mundial do Café. A nutricionista do Fort Atacadista, Letícia Tizziani, explica sobre as vantagens do consumo moderado e os malefícios de doses exageradas de café.

Rico em antioxidantes, o café contribui para a prevenção do câncer. A bebida estimula a produção de enzimas, responsáveis pelo combate dos radicais livres, e impede o surgimento de mutações que desenvolvem tumores. “O café não é um medicamento. É preciso ter clareza que a bebida não tem propriedades suficientes para evitar doenças degenerativas, mas pode aumentar as defesas do organismo,” ressalta a nutricionista.

Outro benefício é o combate à depressão. A cafeína alivia o estresse, melhora o humor e desenvolve o raciocínio. Isso ocorre porque a bebida estimula a serotonina e a noradrenalina. Esses neurotransmissores contribuem para o bem-estar e aumentam a disposição. De acordo com a nutricionista, a incidência da doença é menor para pessoas que ingerem de três a quatro xícaras de café por dia em comparação as que não tomam ou consomem em menos quantidade.

O café também tem um papel importante na perda de peso. A cafeína é responsável pelo efeito termogênico. Além de estimular a digestão, melhora o desempenho de atividades físicas e queima as gorduras do corpo. “Ainda, pode ser um excelente aliado para crianças que precisam combater a obesidade. O café com leite é nutritivo e pode substituir bebidas artificiais, geralmente, presente na dieta infantil. No caso das gestantes, o consumo deve ser moderado, pois pesquisas não comprovam benefícios e malefícios e muitas informações são de caráter duvidoso”, aponta Letícia.

Além de auxiliar na perda de gordura, o café também contribui na redução da glicose e da insulina. Os ácidos clorogênicos e trigonelina são responsáveis por diminuir os riscos de desenvolver diabetes tipo II. Também previne contra a formação de cálculos renais, melhora as funções pulmonares e reduz os sintomas de asma.

Para tranquilizar os apaixonados, o café faz bem para o coração. “O consumo reduz as chances de ter pressão alta sistólica e diastólica. Também diminui os níveis de homocisteína no sangue, um aminoácido que aumenta o risco de doenças cardiovasculares como Acidente Vascular Cerebral (AVC) e infarto cardíaco. Entretanto, pessoas que possuem restrições alimentares, devem seguir a orientação do seu profissional”, afirma a nutricionista.

Para ela, o principal segredo é não exagerar. “O café deve ser consumido durante o dia, com intervalos de duas a três horas. No período noturno a bebida deve ser evitada, pois retarda o sono e pode provocar fadigas motoras e crises de ansiedade, aumentando a frequência cardíaca. Controlando as doses diárias, os brasileiros podem saborear o café sem riscos para as saúde”.

As lojas do Fort Atacadista oferecem diversas opções e marcas de café. Em Mato Grosso, estão presentes nas avenidas Miguel Sutil e Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá, e na avenida da FEB, em Várzea Grande. Mais informações no site: www.fortatacadista.com.br.